Se encuentra usted aquí

Inicio

Aboim

Aboim

Este apelido, de raiz toponímica, deriva do lugar de Aboim da Nóbrega, onde a família tinha o solar, no concelho de Vila Verde, distrito de Braga. 0 nome que primitivamente usaram os membros da família foi Nóbrega, mas D. João Peres, filho de Pedro Ourigues da Nóbrega e, pelo menos, um dos seus irmãos adoptaram o apelido Aboim. 0 seu único filho varão, D. Pedro Eanes de Portel, casou com D. Constança Mendes de Sousa, e os seus descendentes usaram esse apelido. Ignora-se, por completo, a forma como o nome de Aboim se transmitiu até às famílias que actualmente o usam, mas está hoje muito espalhado; o Tesouro Heráldico de Portugal, já se refere a famílias com esse apelido em Tavira, Aljustrel, Ourém, etc. Alguns nobiliários indicam como sendo fundadores desta família dois irmãos, Pedro e Estêvão Rodrigues de Aboim, contemporâneos do rei D. Femando 1, o Formoso, o facto é que um seculo antes já o grande favorito de D. Afonso 111 (de quem foi companheiro em França e depois mordomo-mor da Cúria de el-rei), o rico-homem D. João de Portel, antes de haver granjeado a sua enorme fortuna, se começara por denominar João Peres de Aboim, só vindo a mudar de nome após se tomar senhor da vila de Portel e aí ter erigido um castelo do qual fez o seu solar. Usam os Aboins armas esquarteladas de: os primeiro e quarto, um xadrezado de ouro e azul, e os segundo e terceiro, de ouro, cinco palas de azul; é plausível que se tratem, estas, de armas compostas. 0 timbre é: um quadro xadrezado do pri-meiro quartel, sustentado por dois traços vestidos de azul. D. João do Portel usou por armas um escudo lisonjado, sendo as lisonjas altemadamente veiradas.

Inicio de sesión